quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

O que é CONDROMALÁCIA PATELAR???

Também conhecida e intitulada como condropatia patelar, representa o acometimento patológico das facetas articulares da patela, provavelmente induzida por estresse mecânico repetitivo, que pode ser graduada em fases, sendo: Grau 1 - Amolecimento da estrutura; Grau 2 - Fissuras supeficiais perceptíveis à artroscopiaç Grau 3 - Aprofundamento das fissuras, atingindo o osso subcondral, com liberação de fragmentos cartilaginosos, e Grau 4 - Soltura ampla desses fragmentos, com exposição do osso e subsequente artrose, com "bicos de papagaio" presentes ao r-x. Essa graduação é extremamente importante, pois referencia qual tratamento deve ser empregado, seja o mesmo conservador ou cirúrgico.
A avaliação sempre se inicia clinicamente, complementando-se com exames de imagem como r-x e Ressonância Nuclear Magnética.
No tratamento conservador, empregamos drogas condroprotetoras como Artrolive, Condroflex e outros, que funcionam servindo de matéria-prima na remodelação da cartilagem ou aumentam a elasticidade das fibras de colágeno nos ligamentos, com isso aumentando a amplitude dos movimentos articulares. Associa-se também a fisioterapia, com procedimentos que envolvem combate ao estresse mecânico, por meio estático e dinâmico. Mudanças no estilo de vida, tais como perda de peso e regressão de estado sedentário também são importantes.
No tratamento cirúrgico ainda temos muitas dúvidas sobre o que e quando fazer, sendo esse um dos assuntos mais debatidos em Congressos pelo mundo afora. O que mais se emprega hoje é a chamada condroplastia por abrasão, onde por meio da artroscopia se retira camada cartilaginosa danificada e com o broqueamento do osso subcondral, estimula-se um sangramento que se transforma em rede de fibrina e depois numa pseudo-cartilagem, muito mais fibrosa, mas que se serve ao propósito de proteção. Ainda existem muitas dúvidas.
Dor na face anterior do joelho, com leve derrame articular, e história de esforço excessivo... você pode ser mais um a conhecer essa importante patologia, mas não se desespere... seu tratamento é efetivo na maioria dos casos.
Procure sempre o Ortopedista mais próximo!!!

19 comentários:

Eliane Feitosa (elianeffl@vivax.com.br) disse...

Adorei o seu blog, contém informaçoes valiosas e de forma simples. Tive a mesma ideia mas voltada para o tratamento.Sou Fisioterapeuta e já atendi alguns pacientes seus. Parabens.

Mara Rúbia disse...

Rafael, gostaria de um esclarecimento.
Tenho uma condropatia patelar de grau IV no joelho E que tem me provocado dores intensas durante todo o meu dia.
Eu trabalho o dia inteiro em pé, ao final do dia sinto dores mais fortes ainda, especialmente no pé E. Isso teria alguma relação com a condropatia em si? Sei que não deveria paticar Ballet, mas desde quando me entendo por gente eu não paro, queria saber de vc as possíveis consequências para o meu joelho no futuro?
Obrigada.

Anônimo disse...

bom, tenho dores do joelho constantes desde quando o machuquei jogando basquete, fiz ressonância e o resultado foi: condropatia patelar grau III artroscópico. já fiz várias sessões de físioterapia!
o que eu faço??

Marcus disse...

condromalácia patelar. estou com grau I desgaste dacartilagem, minha cartilagem é muito mole, o que poderia fazer para foratalecer a cartilagem, e evitar possíveis complicações, e tambe´m gostaria de retornar a praticar esporte, não de competição, mas deixar de ser sedentário

Clarissa disse...

Olá Dr. Rafael, fui diagnosticada com Condromalácia Patelar grau I/II.
Eu pratico musculção há 8 anos e o meu treino sempre foi "pesado".
Meu médico me passou Condroflex ou Artrolive...Gostaria de saber duas coisas:

1)- Esses remédios funcionam mesmo? Recupera a cartilagem perdida? Ou pelo menos estaciona meu problema? Porque ele mesmo disse, que não tem nada comprovado. (me deixou completamente sem esperança...)

2)- Sei que preciso malhar com restrições...Mas ir a academia e malhar quadriceps "leve" e quase sem fazer nenhum movimento, prefiro deixar de malhar.

Por favor, me responda essas perguntas...Estou desesperada!

ATT,

Clarissa.

Clarissa disse...

Olá Dr. Rafael, fui diagnosticada com Condromalácia Patelar grau I/II.
Eu pratico musculção há 8 anos e o meu treino sempre foi "pesado".
Meu médico me passou Condroflex ou Artrolive...Gostaria de saber duas coisas:

1)- Esses remédios funcionam mesmo? Recupera a cartilagem perdida? Ou pelo menos estaciona meu problema? Porque ele mesmo disse, que não tem nada comprovado. (me deixou completamente sem esperança...)

2)- Sei que preciso malhar com restrições...Mas ir a academia e malhar quadriceps "leve" e quase sem fazer nenhum movimento, prefiro deixar de malhar.

Por favor, me responda essas perguntas...Estou desesperada!

ATT,

Clarissa.

Joyce disse...

Bem interessante o seu post. Fui no médico e ele diagnosticou...condromalácia patelar e me mandou fazer fisio e tomar Condroflex (acho que é esse o nome) de 3/6 meses. No entanto, e é esta minha preocupação, esse diagnóstico foi a partir de "apertões" no meu joelho perguntando onde doía, é possível isso? Não é necessário nenhum exame?
Outra coisa, sou super baixinha e usei salto sempre e isso não me incomodou. Há pouco voltei a fazer atividades físicas e apareceu a dor no joelho, mas o curioso é que sinto dor quando estou de tênis. O que pode ser?

Maurício disse...

Também fui diagnosticado com Condromalácia patelar nos dois joelhos, e quase não consigo jogar futebol. Tomei o Condroflex por 2 meses, mas desanimei, não tem efeito significativo. O que ajuda mesmo é musculação, alongamento e um bom aquecimento antes de praticar algum esporte de maior intensidade.

Taty disse...

Ola Dr por favor estou desesperada gostaria da opinião do senhor, eu pedi uma ressonancia pro meu Medico e o laudo deu que eu estou com rotura sbaguda/cronica do ligamento cruzado anterior, rotura longitudinal no corpo /corno posterior do menisco lateral moderado derrame e sinais de hipertenssão femoropatelar com fissuras condral da faceta lateral da patela região peripical, e no meu raio x o laudo disse que estou com o começo de bico de papagaio meu medico quer me operar na proxima semana ele quer fazer umaa artroscopia, fixar dois parafusos no joelho e fazer um encherto , ele disse que estou com muito liquido no joelho , eu estou com muito medo por favor de me sua opinião estou desesperada um forte abraço

gilson disse...

Rafael bom dia, sou praticante de corridas, 10km e 21km, fiz uns treinos mais pesados nessas ultimas semanas para participar de uma prova de 21km e o joelho direito "fisgou", parei, fui ao medico e o resultado da ressonância foi "Alteração degenerativa incipiente no corno posterior do menisco medial - pequeno cisto de baker com insinuação ântero-medial - Sinais de edema/processo inflamatório acometendo o coxim adiposo localizado entre o tracto iliotibial e o côndilo femoral lateral. Tal achado pode estar relacionado à síndrome do tracto iliotibial - Condropatia patelar difusa (grau II/III), sendo mais evidente ao nível da sua faceta lateral". Então gostaria de saber como ficará meu joelho, visto que tenho planos para correr maratonas (42km), tenho que pegar leve daqui por diante e desistir dessas corridas? Agradeço desde já.

Dani, uma eterna sonhadora disse...

Recebi de meu ortopedista o diagnóstico de condropatia patelar, minha ressonância diz que tenho discreta área de edema na medula óssea da faceta lateral da patel, associados a focos de edema na cartilagem em correspondência, indicativo de condropatia.Em que grau está? é a mesma coisa que condromalácia? Obrigada

Luciana disse...

Bom Dia Dr . De uns tempos pra cá notei meu joelho bem inchado , porém não tenho dor . Fui ao ortopedista tirei um raio x que mostrou uma artrose e rotação na patela , fiz uma ressonancia na qual o diagnóstico : Fissuras profundas no revestimento condral da patela sendo dominante no ápice e início das facetas , associados a focos de edema do osso subcondral .
Hoffite lateral inferindo sobrecarga do aparelho extensor .
Pequeno derrame articular .
Tenho 36 anos , 1,60 , 62 kG .
Não tenho sobrepeso , não sou atleta e agora sou surpreendida com esse diagnóstico . Vc poderia esclarecer o que é isso ? Pode acontecer e eu não sentir dor alguma ? É cirúrgico ? Quais as consequências se não houver tratamento ?
Agradeço muito .
Luciana

Nutricionista Paula disse...

Bom dia, achei esse blog por meio do google... Adorei o site!
Tenho condromalácia nos dois joelhos grau 4.
Venho fazendo tratamento com artolive e em janeiro começo sessões de fisioterapia e acupuntura. o que acha?
Também faço hoje em dia apenas parte superior na academia (hipertrofia), pois tenho dores insuportaveis nos joelhos, me impedindo de usar salto, andar muito, correr, dirigir muitas horas.
Gostaria de saber se o uso de Whey Protein, ou Glutamina ou BCAA poderiam piorar ou melhorar um pouco a minha patologia?
E se um dia vou conseguir me livrar dessas dores e voltar a treinar musculação na parte inferior, voltar a dançar (dança do ventre) fazer Yoga, surfar... Atenciosamente e obrigada.
Nutr. Paula da Costa F. Stempniewski

Anônimo disse...

Olá, Rafael
Venho parabenizar o blog.
Sou enfermeira auditora e estava com algumas dúvidas em traumato. Tirei-as por aqui!!! =)
Parabéns

Abraços

Marina Azoubel

Anônimo disse...

Fiz uma ressonância magnética edeu condropatiafêmoro-patelar e tibial lateral, com foco de edma ósseo na plataforma tibial e discreta tendinopatia insercional distal patelar. O que me aflige é que faço musculação 5x por semana e tb jump 5x por semana e além disto sou praticante de corrida de rua, estou tomando condroflex até onde uma destas atividades podem piorar e se poderia fazerum tratamento que possa reverter o meu problema, espero resposta

Anônimo disse...

Para que tanta pergunta se não tem resposta?

Anônimo disse...

Em fevereiro fiz a 8ª artroscopia do joelho esquerdo, pois estava com condropatia grauIII, e havia ruptura do menisco medial e do lateral. Mas logo depois da cirurgia uns 20 dias após, comecei a sentir dores no joelho esq., fiz nova RNM e cosntatou COBDROPATIA GRAU IV E HOFITE, como isso pode acontecer se não tive nenhuma queda, entorce ou batida nesse joelho. Estou abismada com a situação.

Tamara Pires disse...

Patela alta,basculada e lateralizada,associado a tróclea femoral rasa.
Condropatias patelares profundas na faceta lateral da aptela,associado a condropatias mais superficiais na faceta medial da patela e na Tróclea femoral.
Pequeno derrame articular.
Hoffite superolateral,relacionado á sobrecarga lateral do aparelho extensor do joelho…Na ressonância não diz o grau da condropatia…Só diz Erosões condrais profundas na faceta medial da patela,com edema,associado a condropatia profunda na faceta lateral.

Qual seria o Grau da minha condropatia? é tratamento cirurgico ? Não é só subir escada hoje que incomoda e sim subir subida e descida e pra falar a verdade na descida é pior pois parece me faltar a força nas pernas tenho até medo de cair...Por favor me responda se possivel for.

Sabrina disse...

Adorei o seu blog.. Tenho 17 anos e estou com esse problema nos dois joelos, lesionei na musculção por uma falta de explicação de um professor! Já estou a 1 ano com esse problema , fiz 30 sessoes de fisio fiquei boa , fui encminhada para a musulação , mas ainda continuo com dores fortes.. Acho q pode ser minha rotina! Mas não sei mais oqe eu faço me encomoda demais! Alguma sugestão ? E queria saber se a hidroterapia ajuda? Obrigada !